Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de maio de 2010

Nebulosa Helix na Constelação de Aquárius

A Nebulosa Helix, também conhecida como “A Hélice” ou NGC 7293, é uma grande contelação planetária localizada na constelação de Aquarios. Discoberta por Karl Ludwig Harding, provavelmente antes de 1824, este objeto é um dos mais próximos da Terra e um dos mais brilhantes. A distância estimada é aprox. 215 parsecs ou 700 light-years. Tem a aparência muito similar a aparencia da Ring Nebula, ou O Anel da Lira, A Helix tem frequentemente referida como “Eye of God” na Internet, desde 2003. Esta fotografia da Helix Nebula, em forma de bobina, tirada em 09 de maio de 2003, é uma das imagens do maior e mais detalhada Nebulosa celestial. A imagem composta é uma combinação perfeita de imagens extremamente nítidas de Hubble da NASA Telescópio Ver Hubble Minute: Nebulosa Helix, combinado com a ampla visão da câmera do telescópio Mosaic de 0,9 metros de diâmetro, a National Science Foundation no Observatório Nacional Kitt Peak perto de Tucson, no estado do Arizona A imagem mostra uma fina rede de filamentosos "tipo raio de bicicleta" e traz embutido no anel colorido de vermelho e azul de gás. A 650 anos-luz de distância, o Helix é uma das nebulosas planetárias mais próximas da Terra. Uma nebulosa planetária é o gás incandescente em torno de uma estrela agonizante, em sua meia vida, tal qual o Sol. Por que a Helix Nebula parece redonda? O Helix parece redondo porque nós estamos olhando para um lado da nebulosa. Na realidade é um túnel de trilhões de milhas ao longo de gases incandescentes. Quais são as características que se parecem com raios de bicicleta? Esses recursos são uma floresta de milhares de tentáculos de cometa que são incorporados ao longo da borda interna da nebulosa. O ponto de tentáculos em direção à estrela central, que é um pequeno, mas super-quente, é uma anã branca, o ponto branco no centro da nebulosa que parece flutuar no mar azul de gás. Estes tentáculos formados quando um vento quente "estelar" de gás lavrado em conchas frias de gás e poeira ejetada previamente pela estrela condenada. Estes tentáculos cometa foram observados por telescópios terrestres há décadas, mas nunca foram vistos em detalhe. Eles podem realmente estar em um disco que rodeia a estrela quente, similar a uma coleira de um animal.

Um comentário:

Alexandre disse...

SrºErnesto:Boa Noite.
Gosto muito de astronomia e interesso por esse conteúdo,gostaria de saber se é possível de São Paulo
avistar a constelação de Aquário.
Alexandre Julio
São Paulo-SP